Jogon Santos
CapaCapa
TextosTextos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
ContatoContato
Textos

MORO NA PONTA DA BOTA
"Eu não vou interferir em absolutamente nada que venha a ocorrer dentro da Justiça no tocante a esse combate à corrupção. Mesmo que viesse a mexer com alguém da minha família no futuro. Não importa. Eu disse a ele: é liberdade total pra trabalhar pelo Brasil ", disse à época.

O comentário acima está relembrado no Estadão de hoje com o título:
"Bastidores: PF ameaça 'implodir' se houver interferência de Bolsonaro"

        Mais uma vez confirmamos que a vontade de nosso presidente de "trabalhar pelo Brasil" não é assim tão verdadeira e a cada dia cai um pedaço da máscara de salvador da pátria que usou durante a campanha eleitoral e que o envolvimento de seu filho com o desaparecido assessor das "rachadinhas", bem como a nomeação de um outro, excelente "fritador de hamburger" como embaixador nos EUA, demonstram que " A(minha) família acima de tudo e Deus acima de todos" é na verdade seu lema.

Com a agora possível demissão do Moro, diante da intervenção do presidente no comando da polícia federal, vai tornando-se claro sua intenção em abafar qualquer investigação que mergulhe fundo no seu passado e dos seus.

Pobre de nós,  brasileiros, que cheios de esperança a depositamos nas mãos desse embuste que além de abrir a boca para soltar fezes como se seu organismo trabalhasse de baixo para cima, ainda afirma do alto de sua arrogância "QUEM MANDA SOU EU", mas isso até que seja impedido (se Deus quiser) e dê o lugar ao Mourão, que embora não saibamos realmente "qual é a dele" esperamos que não seja pior que
a do atual mandatário.

Quanto ao Moro, bem feito, por haver aceitado imediatamente o convite para ministro e pedido demissão da função que exercia antes. Deveria ter esperado um pouco mais, pois como um homem inteligente sabe que
na política tudo muda da noite para o dia e que muita lama passaria debaixo da ponte, o que é comum na política de nosso país.
Ainda assim acredito e "quem viver verá" , que se demitido será sério concorrente a presidência da república se o Bostonaro resistir até o final da mandato.
Teria meu voto, porque PT nunca mais.


  
Jogon Santos
Enviado por Jogon Santos em 21/08/2019
Alterado em 21/08/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras